Pages

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Julgar é tão facil...

Hoje em dia se julga as pessoas a cada minuto ou segundo de sua vida.Nos  tempos modernos as pessoas são julgadas pelas roupas que cobrem seus corpos ou pela aparência que mostra sua beleza externa.
Mais julgar o exterior de uma pessoa é tão fácil ,agora por que julgar alguém pela sua roupa,origem,aparência e vários outros fatores?

Ultimamente você julga alguém pela veste ou pela aparência,se eu entro em uma loja de boné,short e camiseta normal concerteza vou ser um alvo para ser julgado talvez como um criminoso.
Isso cada dia mais é frequentemente visto por meus olhos.
Mais a questão é ninguém é definido por roupa ou por aparência ou nenhuma dessas tolices citadas mais sim pelo carater que tem aquele individuo.Eu tive o prazer de presenciar uma pessoa de carater,quando meu amigo assumiu que tinha feito um erro gravíssimo diferente daqueles que fazem e negam ter feito com o grande sinismo que corre em suas veias!

Então Gente Julgar é Fácil ,mas antes de julgar alguém ,se auto julgue e veja se você tem capacidade ou moral para julgar um carater desconhecido em relação a você.

Na minha opinião quem julga por prazer deve ser pelo motivo de seu carater ser inválido,dele ser fraco,apenas mais um que esta aqui para sentar no júri dos julgadores díarios.Esse meu ponto de vista pode ser discordado ,e talvez exista argumentos,mais enquanto houver um sínico,quatro pessoas com caráter e personalidade vão estar abaixo dele em certa ocasião,mais quanto a pessoa aquele sínico esta abaixo de qualquer ser humano da face da terra!

24 Opiniões:

Sâmela disse...

A gente também julga muito as pessoas pela aparencia, sem ao menos conhecer o caracter dela.

@biancajanlie disse...

As pessoas se acham no direito de julgar os outros, mas esquecem de olhar para sim mesmo *-* Muito bom seu texto Bruno, parabens !

Hemmely disse...

jugar é fácil, prático e lhe dá importancia .. poder de apontar o dedo á alguém .. e isso é algo qe todo ser frágil e vulnerável, como nós, faz.

William disse...

Ninguém tem o direito de julgar ninguém. Mas acho importante você ter uma opinião firme e objetiva, o que não significa julgamento.

Francorebel disse...

Também não dá pra julgar quem julga...

P.wantsacracker disse...

Concordo plenamente...Afinal né? "quem não tem teto de vridro que atire a primeira pedra". Nenhum de nós tem moral para falar de outra pessoa pois todos temos um fator debilitado em nossas vidas, seja ela economica, social ou temperamental.
Continue com esse pensamento, não é todo mundo que pensa assim!

Ps: to te seguindo ;)

7Seven7 disse...

E isso mostra o quanto a sociedade é, ainda, preconceituosa...

Não leve a mal, é só um toque, você está usando "mais" onde deveria usar "mas". "Mais" dá a idéia de soma, enquanto "mas" é uma conjunção adversativa, sinônimo de "porém", "entrentanto" etc. Fora isso o texto está muito bem escrito, não só em relação à ortografia, como também ao conteúdo.

~Quote

P.wantsacracker disse...

http://www.blogger.com/follow-blog.g?blogID=3833761288322812365

Tá aí bruno, Beijão!

BlogStories disse...

Não sou um Master em Escrever no computador e quando escrevo geralmente o tempo é apertado então quando ouver algum erro me avizem faço de tudo para melhorar!

Elmo Freitas disse...

A razão pela qual algumas pessoas acham tão difícil serem felizes é porque estão sempre a julgar o passado melhor do que foi, o presente pior do que é e o futuro melhor do que será

Miilena Cazumbá disse...

belo post...julgar as pessoas é msm tão ridículo,mas o caso é que é feito com muita frequência julgamos a toda hora tudo e todos...precisamos rever os valores! sucesso ai,passa lá> http://mikzumba.blogspot.com/

Nettow disse...

eta ._.

Aniceto Lopes disse...

Julgar mtas vezes é encarado como ato de insolencia, ou ato de ridicularidade, mas corajoso aquele que é bom o suficiente pra fazer uma auto-analise. Pra julgar os outros, mas pra saber reconhecer seus proprios erros, seus proprios problemas e saber guarda-los para si e anuncia-los quando preciso.

Caroline Mello disse...

Olá Bruno, achei o seu pensamento muito correto, existe até uma frase, que nao me lembro de quem agora, que diz: "ninguém reprova nos outros o que não reprova em si."

Nosso querido diário disse...

Realmente, concordo plenamente com seu texto,
olhem-se no espelho.
beijos

@tulio_rox disse...

gostei do texto, concordo em tudo. =/

aomenosoalivio disse...

vivemos de uma forma onde o que importa é oq vc aparenta ser e não oq vc é realmente. e essa forma de ver as coisas suscita julgamentos, como nos desprender disso? essa é a grande questão! quem quiser contribua no meu blog tbm!

Tαyηα' disse...

Amei o texto. concordo plenamente, as pessoas se acham no direito d jugar as pessoas sem nem ao menos conhece-la...
gostei daqui! :]

;*

renata disse...

A palavra "Julgar" já soa muito pesada, é muito estranha essa maneira de criar julgamentos apartir de coisas que apenas se viu, ou ouviu falar, quando não se está dentro de uma situação é muito fácil tirar suas conclusões...

Eumar Lima disse...

Julgar é ridículo, mas chama mais atenção do que conversar com a pessoa antes de jugar, as pessoas querem facilidade. É uma pena.

Excelente Post.

Tô seguindo.

Que tal Parceria?

passa lá no meu...

Eumar Lima - A Verdade Nua e Crua.

Mário Machado disse...

Sabe o que é interessante é que usando sua própria definição de julgar os outros vc acaba por fazer o mesmo.

Roni disse...

Engraçado, mas essa semana eu andei pensando a quesão das aparencias e essencias...e adianto q discordo de vc em um ponto. Mas primeiro vamos pela concordia. D fato, fazer julgamento moral dos outros é meio foda, a nossa atitudes tem sentidos morais de valores, e quando julgamos um ato como mal, na verdade estamos usando nosso poder de coerção baseado em uma referencia boa, q quase sempre é a nossa conduta. Ao invés de todo incfalo humano dedicar tempo a si mesmo, os desgraçados dedicam a vida deles a cuidar da vida dos outros (essa galéra merece um gatinha, pois este tem sete vidas). Discordancia, eu nunca procuro a essncia das pessoas (eu sei q vc naum disso isso, mas esta implicito no texto). As pessoas são somente aparencias, a vida inteira, então ao invés de julga-las, tente conhecer o maximo das aparecencias delas, vai ser divertido, pq cada dia havrá um ser humano novo.

www.porumaportaiconoclasa.blogspot.com

BlogStories disse...

Mário Machado,eu dei simplesmente minha opinião,justamente eu querendo ou não, eu sou um julgador eu julgo algueém ,você julga,todos julgam!

Mais é assim cada um com sua opinião você tem a sua e eu a minha!

Lucas Medina disse...

muito bom o texto, preconceito para julgar alguém é muito normal hj em dia, infelizmente! Parabéns pelo blog cara!

Postar um comentário